14.8.08

ruído/mm - Praia (2008 - Open Field)


O quê? O ruído/mm virou uma banda de reggae? Ah, se o nome fosse 'Praiêra e chapação de Jah' faria um sucesso estrondoso, com direito ao Pill no Big Brother e tudo. Mas, graças ao dito cujo (falo do Jah), a 'Praia', ou a 'Série Cor-de-Rosa' - assim chamada por mim, carinhosamente, desde que a série predecessora deixou toda aquela expectativa no ar - manteve e amplificou o que mais chamava atenção no poustirróque dessa rapaziada.

Seguindo as faixas de perto, eu diria que 'Praieira' é ótima, uma viagem mesmo. Mostra vários lados da banda, invocando eventos sinestésicos durante sua audição (tradicionalmente, com fones de ouvido, no escuro). Tive a sensação de que talvez a produção dela não tenha ficado à altura da sua composição, mas isso é só uma idiossincrasiazinha revelada por um sujeitinho chato. Eu diria que 'Sanfona' tende ao título de maior hit do disco: vendo ao vivo já dava pra sacar o potencial da bichinha. Lazarenta, gruda na cabeça como nicotina. Ah, nicotina... 'Novíssima' é outra candidata a representante oficial da nação ruidosa, que certamente também ganharia muitos votos. Dá até pra ver a estática no ar.

E eu gosto muito de vinhetas e transições que tapam o 'buraco do dente' de um disco. A pequena songbox ('Caixinha de música') fez bem esse papel, as transições entre músicas estão mantendo um puta climão no cd. E o que são aquelas distorções em 'Célula Dois'? Affe, babei. Alguém ainda busca isso, aleluia! Nunca deixem que os riffs com Fuzz, Big Muff e afins fiquem esquecidos nos anos 90, ok? Jura? Beleza. O mundo seria realmente um lugar morto e frio sem eles, com o perdão do trocadalho. Um totózinho de pretensão também não faz mal a ninguém. Bem, a quase ninguém. Ok. Sigamos: 'Stravinsky sky', que se vai como veio, repete o papel de almálgama sem encher o saco de ninguém. Sweet.

Do jeito que as coisas andaram até agora, seria preciso uma chave de ouro encravada de diamantes pra fechar essa epopéia toda com grande estilo. Mas quê o quê, ela está lá, até com alguns rubis e esmeraldas de brinde. Na boa? 'A praia' fez por merecer ao emprestar seu nome ao disco. Guitarras, guitarras, guitarras! Uma melhor que a outra. Não vou começar a falar de sobreposições, timbreiras e camadas, que aí eu não paro mais. E também acho que choveria no molhado.

Enfim. Do caralho! (Ou alguém aí sugere uma definição melhor?)

ruído/mm: http://www.myspace.com/ruidopormilimetro
open field: http://www.openfield.org/

:: a praia [ruído/mm] ::

4 comments:

André Ramiro said...

gracias pelas palavras!
a família toda agradece de pé junto!
absssss

pill said...

bada buda ..........é isso aí ... valeus!!

Garoto Azul do Espaço said...
This comment has been removed by the author.
Garoto Azul do Espaço said...

e é tudo verdade. =>